Perdão, uma grande decisão!

“Então Pedro aproximou-se de Jesus e perguntou: “Senhor, quantas vezes deverei perdoar a meu irmão quando ele pecar contra mim? Até sete vezes?” Jesus respondeu: “Eu digo a você: Não até sete, mas até setenta vezes sete.”

Ninguém está pronto para perdoar, porém, o perdão é uma decisão necessária para todo aquele que quer viver em paz.
A Bíblia nos conta a história de José filho de Jacó. Ele foi enganado e vendido por seus irmãos. Por muitos anos viveu longe do seu pai a quem tanto amava, foi preso e injustiçado e tinha vários motivos para se revoltar, mas mesmo assim, foi fiel a Deus. E o pior de tudo é que as pessoas que foram más com ele, eram da sua família.
Às vezes damos desculpas para mantermos nosso coração ressentido, mas Deus deixa bem claro quantas vezes devemos perdoar, inclusive a mesma pessoa.
Com certeza, José sofreu muito, mas não se tornou ressentido, e se manteve firme no que acreditava. E quando se tornou governador do Egito e reencontrou a sua família, precisou decidir que atitude tomar. Ele poderia fazer o que quisesse com seus irmãos, mas escolheu perdoar, pois havia entendido o propósito de Deus naquela situação.
Quando decidimos perdoar, ficamos livres e deixamos o outro livre também. O perdão além de trazer paz ao nosso coração, também cura e liberta.
Nossa decisão em obedecer a Deus vai muito além de um momento de reconciliação. Ela traz bênção para nossa própria vida e para muitos à nossa volta.
E não se preocupe quanto às feridas causadas, pois, com o tempo, o Espírito Santo as sara. Somente obedeça ao que Deus lhe pede, mesmo que esteja doendo, Deus te honrará. Amém?
Deus abençoe!

Comentários

Pedido de Oração

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas deste blog

O coração alegre aformoseia o rosto!

Plano de Leitura Bíblica - Início em qualquer mês do ano

Ninguém pode impedir o agir de Deus!

Mulheres Preciosas da História