O Arrependimento Liberta e Salva!

“– Arrependam-se dos seus pecados porque o Reino do Céu está perto! Produzi, pois, frutos dignos de arrependimento” (Mateus 3:2,8).


João Batista surgiu num tempo em que as pessoas estavam completamente rendidas ao pecado, e não é diferente hoje. Ele clamava e ainda clama através da Palavra de Deus pelo verdadeiro arrependimento, que vai além do remorso, mas aquele demonstrado nas atitudes.
"Produzi, portanto, frutos dignos de arrependimento''.(Mateus 3:8). 
O arrependimento, que é atestado por palavras, não tem valor, a menos que seja provado pela conduta.
Arrepender é mudar de mente, viver um novo estilo de pensar e agir, é produzir novos frutos. 

Arrependimento é uma mudança de atitude. A pessoa que se arrepende muda de ideias e decide viver de forma diferente. 

Arrependimento significa “mudar de direção” ou “mudar o pensamento”. 
O verdadeiro arrependimento é aquele em que uma pessoa olha para trás e decide nunca mais fazer o que fez, e para isto é preciso reconhecer o pecado praticado.  

A pessoa que se arrepende fica triste porque entende que o pecado é errado (2 Coríntios 7:10). Por isso, pede perdão a Deus.

A salvação acontece quando uma pessoa se arrepende de seus pecados e se vira para Deus. 

Mudança de vida

Arrependimento não é só ficar triste por causa do pecado. Arrependimento é também decidir mudar de vida. Quando alguém se arrepende, ele decide abandonar o pecado e viver para Deus. Não se contenta com o pecado; quer fazer o que é certo e agradar a Deus (Romanos 2:6-8).

Uma pessoa arrependida está pronta para aceitar a correção de Deus e aprender como viver de maneira certa. Isso não significa que nunca mais vai pecar. Mas significa que vai pedir perdão, se esforçar para fazer melhor e lutar contra o desejo de pecar. 

Todos pecam. 
"Se afirmarmos que estamos sem pecado, enganamo-nos a nós mesmos, e a verdade não está em nós. Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para perdoar os nossos pecados e nos purificar de toda injustiça". (1 João 1:8-9).

Uma consequência do arrependimento é a libertação da culpa. Quando uma pessoa se arrepende, Deus perdoa seus pecados. Agora não precisa viver mais com o peso da culpa. A pessoa arrependida entende que não está mais debaixo de condenação (Romanos 8:1-2).

Com o tempo, o arrependimento traz muitas consequências exteriores. Deus liberta do pecado para poder praticar boas obras (Tito 2:14).
Ele põe o desejo de fazer o bem no coração e ajuda a pôr em prática.

Portanto: "Sejam praticantes da palavra, e não apenas ouvintes, enganando a vocês mesmos.
Aquele que ouve a palavra, mas não a põe em prática, é semelhante a um homem que olha a sua face num espelho e, depois de olhar para si mesmo, sai e logo esquece a sua aparência.
Mas o homem que observa atentamente a lei perfeita, que traz a liberdade, e persevera na prática dessa lei, não esquecendo o que ouviu mas praticando-o, será feliz naquilo que fizer. (Tiago 1:22-25)

Reflita nisso!

Comentários

Pedido de Oração

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas deste blog

Os seus planos serão bem sucedidos!

O coração alegre aformoseia o rosto!

Entrega tudo nas mãos de Deus e confia!

Mulheres Preciosas da História