Enquanto ainda é tempo!

“Buscai ao Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto” (Isaías 55:6).

 “Buscai ao Senhor enquanto se pode achar” significa que o tempo da salvação é hoje. A graça de Deus está disponível e se estende a todos, mas isso não será sempre assim.

O convite “buscai ao Senhor enquanto se pode achar” foi feito através do profeta Isaías. E esse convite fala do plano de Deus para restauração e salvação do seu povo. Além disso, está registrado também o ministério do Messias. O capítulo 53, por exemplo, traz uma exposição profunda acerca da obra de Cristo como o Servo sofredor.

Por causa da misericórdia e graça de Deus, através da obra redentora de Cristo, todos são convidados a buscar a Deus. Esse convite é feito a todos que tem sede e fome das coisas espirituais.

Todas essas pessoas são convidadas a irem às águas e a comprarem alimento sem dinheiro.(Isaías 55:1) Isso significa que a possibilidade dessa busca não está na capacidade humana em buscar e encontrar a Deus, mas na graça divina onde Deus se permite ser encontrado por aqueles que O buscam. 

A salvação é um dom gratuito que não se fundamenta nos méritos humanos (Mateus 11:28; Romanos 10:13; Tito 3:5).

O convite “buscai ao Senhor” está aberto, mas definitivamente demorar a buscá-lo não é uma opção sensata. 
Por isso há um alerta: “enquanto se pode achar”. Isso significa que estamos diante de uma verdade que é ao mesmo tempo reconfortante e também aterrorizante, “buscai ao Senhor”, “enquanto se pode achar”.

Quer dizer que; chegará o momento em que esse convite será retirado; que a porta será fechada; que o Senhor não mais poderá ser encontrado.
Jesus falou claramente sobre isso na parábola das dez virgens. A porta foi fechada para as virgens que não estavam prontas para a chegada do noivo (Mateus 25:1-13). 
E na parábola das bodas onde o rei destruiu aqueles que rejeitaram o convite para sua festa (Mateus 22:1-14).

E aquele que busca ao Senhor através da fé, necessariamente deverá reconhecer seus pecados diante de Deus que é santo. Isso porque não há como buscar o santíssimo e justo Deus sem um abandono dos pensamentos maus e dos caminhos pecaminosos.

É por isso que imediatamente após o convite “buscai ao Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto” segue a indispensável exortação: “Deixe o perverso o seu caminho, o iníquo, os seus pensamentos; converta-se ao Senhor, que se compadecerá dele, e volte-se para o nosso Deus, porque é rico em perdoar” (Isaías 55:7).

Aquele que aceita verdadeiramente o convite “buscai ao Senhor enquanto se pode achar”, ao crer em Deus tão logo ele reconhece suas falhas. 
Ele entende que é incapaz de agradar ao Senhor por suas próprias forças, e que não pode resolver o problema dos seus próprios pecados. Então, com fé e arrependimento, ele suplica pelo perdão de Deus e aguarda na promessa de sua misericórdia que o perdoa.

Qual tem sido sua postura diante desse convite? 
Não demore em perceber como é preciosa a disponibilidade da graça no dia de hoje. Realmente não haverá uma segunda chance. 

Reflita nisso!

Comentários

Pedido de Oração

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas deste blog

Os seus planos serão bem sucedidos!

O coração alegre aformoseia o rosto!

Entrega tudo nas mãos de Deus e confia!

Mulheres Preciosas da História