...

...

Translate

Newsletter - Receba nossas mensagens em seu e-mail

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

A Mulher Submissa

“Mulheres, sede vós, igualmente, submissas a vosso próprio marido, para que, se ele ainda não obedece à palavra, seja ganho sem palavra alguma, por meio do procedimento de sua esposa, ao observar o vosso honesto comportamento cheio de temor.” (1Pedro – 3:1;2)



Um pouco difícil comentar sobre esse versículo nos dias de hoje, onde o feminismo fala alto, e a discriminação, a violência contra a mulher reina.
Creio que os homens ficaram mais "brutos", justamente por causa do feminismo, dessa busca desenfreada pelos tais “direitos iguais”. Aliás não só os direitos mas também as obrigações, e infelizmente as mulheres se masculinizaram muito nos últimos tempos.
Talvez muitas mulheres fiquem indignadas com esse versículo, pelo fato de terem que ser obedientes aos seus maridos. Claro que há casos e casos.
Nós temos que reconhecer que homens e mulheres são diferentes, podendo se destacar no mundo dos negócios, mas ambos com papéis diferentes. Assim também no lar, cada um tem o seu papel.
Segundo o dicionário Aurélio, submissão é ato de submeter, obedecer uma autoridade, uma lei, etc...
Na verdade, todos nós vivemos em submissão, todos nós estamos sob a autoridade de alguém, mas quando se fala sobre submissão ao marido, aí o negócio muda de figura. Não é verdade?
A submissão biblicamente falada, deve ser entendida como um fator primordial para que um casamento dê certo, onde deve prevalecer o amor, o respeito e a cumplicidade de ambos.
Sei que existem muitas mulheres sofrendo na vida conjugal, cada uma com um problema diferente, do contrário, há muitas que estão felizes em seus relacionamentos, e conseguem praticar essa palavra muito bem.
Não me levem a mal, mas naquele tempo que o Apóstolo Pedro enviou esta carta, era diferente, as mulheres eram mais sábias, e isso conta muito na hora de se “sujeitarem” a seus maridos.
Dizem que nós mulheres falamos muito, e creio que é verdade, pois o verso acima nos alerta sobre isso. “Pelo nosso proceder e não pelo falar podemos ganhar nossos maridos para Jesus”.

Nós como mulheres cristãs precisamos colocar em prática a palavra de Deus.
Deus quer que sejamos obedientes à Sua palavra. 

A mulher não tem que ordenar, e sim opinar.
Pense nisso!

Fique na paz!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Youtube