Mais agradecida!



“Um deles, quando viu que estava curado, voltou, louvando a Deus em alta voz” (Lucas 17:15) 

Dez leprosos clamaram a Jesus que os curasse, e somente um voltou e glorificou a Deus. 
Quantas vezes agimos como os outros nove não é mesmo? 
Deus faz algo grande para nós e apenas aceitamos, deixando de nos ajoelhar a Seus pés e agradecer. Geralmente isso acontece quando se trata de uma cura ou resposta a uma oração específica. Muitas pessoas pensam: “Bem, teria acontecido de qualquer jeito”. 
Jesus é o nosso médico e quer que sejamos curadas. Devemos lembrar, porém, que Deus tem o Seu tempo e Sua vontade soberana. Assim, nem todas as doenças ou ferimentos são curados nesta vida, pelo menos, não como desejamos. 
Se Ele não nos curar como pedimos, é por que tem um plano maior, e Sua glória será vista nele. No entanto, orar com fervor pela cura não é problema, pois nunca ficamos indiferentes à doença. Quanto mais doentes, infelizes e aflitas ficamos, mais fervorosamente oramos. 
Algumas vezes a cura é demorada, e podemos desanimar durante a espera, mas podemos ter a certeza que algum benefício resultará do nosso sofrimento. A Palavra de Deus diz: “Tudo concorre para o bem daqueles que amam a Deus” (Romanos: 8:28) Até mesmo as adversidades. 
Louvar a Deus por Sua presença e Seu poder de cura em meio à doença, dor, fraqueza ou miséria abre um canal para que esperemos Sua ação conforme a Sua vontade. 
Continue orando e não se esqueça de agradecer quando a resposta vier. 
Deus abençoe!


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Dica de Moda para mulher cristã: Ladylike

Moda Evangélica: Onde Encontrar?

O coração alegre aformoseia o rosto!

Testemunhos