Palavras ao vento!


"Não dirás falso testemunho contra o teu próximo." (Êxodo 20:16) 

Quero compartilhar uma reflexão com você. 
Certa vez, um homem falou que seu vizinho era ladrão, e o vizinho acabou sendo preso. 
Algum tempo depois, descobriram que era inocente. O rapaz foi solto. 
Após muito sofrimento e humilhação ele processou o homem. 
No tribunal, o homem que o acusou disse ao juiz:
- Comentários não causam tanto mal...
E o juiz respondeu:
- Escreva os comentários que você fez sobre ele num papel. Depois pique o papel e jogue os pedaços pelo caminho até sua casa. Amanhã, volte para ouvir a sentença!
O homem obedeceu e voltou no dia seguinte, quando o juiz disse:
- Antes da sentença, terá que catar os pedaços de papel que espalhou ontem!
- Não posso fazer isso, meritíssimo! O vento deve tê-los espalhado por tudo quanto é lugar e já não sei onde estão!
O juiz respondeu:
- Da mesma maneira, um simples comentário que pode comprometer a moral de um homem, espalha-se a ponto de não podermos mais consertar o mal causado. Se não se pode falar bem de uma pessoa, é melhor que não se diga nada! 
Esta clássica história pode inspirar muitas reflexões no dia de hoje! 
Sabemos que a difamação é crime contra a honra previsto no Código Penal Brasileiro, e falar mal de alguém sem ter provas é muito comprometedor. Infelizmente encontramos muitas pessoas agindo dessa forma, até mesmo dentro das igrejas. Porém sabemos também que é um mandamento e é necessário colocá-lo em prática. 
Lembremos sempre que, não devemos querer para o outro aquilo que não queremos para nós. 
Quando nos sentirmos tentadas a falar do irmão, que seja de bem e não de mal, afinal, todos nós temos defeitos e qualidades. Olhemos as qualidades e oremos pelos defeitos, para que Jesus entre em ação, Ele sim, pode julgar e transformar, qualquer um, pois Ele é perfeito. Amém? 
Deus abençoe!



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Dica de Moda para mulher cristã: Ladylike

Moda Evangélica: Onde Encontrar?

Aquieta o seu coração!

Testemunhos