Respostas imerecidas



“Porém Jeoacaz suplicou diante da face do Senhor; e o Senhor ouviu; porque viu a opressão de Israel, pois o rei da Síria os oprimia.” (2 Reis 13:4)

Jeoacaz não era conhecido por sua sabedoria e virtude. Era um rei tão mau que Deus enviou a equipe opressora do rei Hazael e do príncipe Ben-Hadade da Síria para castigá-lo. Tudo indicava que ele finalmente estava recebendo o que merecia. 
E quando a opressão tornou-se excessiva, ele fez o que qualquer uma de nós faria ao sentir-se contra a parede e ao perceber que seus melhores esforços são ineficazes: ele simplesmente orou. 
Um homem perverso estava desesperado e se voltava para Deus. Pediu ajuda ao Senhor e Ele lhe atendeu. É assim que Deus age. Ele responde às orações de pessoas que não merecem. Deus responde para que o nome Dele seja glorificado. 
Às vezes pensamos que as nossas orações não são respondidas por que não somos suficientemente boas. Esquecemos, no entanto, que nem mesmo a maior bondade mereceria o favor de Deus. 
A oração de Jeoacaz tem muito a ensinar-nos. Ele invocou a Deus sabendo bem que não dera nenhuma razão positiva para que Ele respondesse. 
Não recebeu o favor de Deus por ser quem era, mas por Deus ser quem é: um ser gracioso e compassivo, que ouve as orações sinceras e humildes. 
Portanto, não se esqueça de que Deus sempre ouve quando você ora. Amém? 
Deus abençoe!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Dica de Moda para mulher cristã: Ladylike

O coração alegre aformoseia o rosto!

Moda Evangélica: Onde Encontrar?

Testemunhos