A bênção da confissão

Então reconheci diante de ti o meu pecado e não encobri as minhas culpas. Eu disse: "Confessarei as minhas transgressões ao Senhor", e tu perdoaste a culpa do meu pecado. (Salmos 32:5) 


Quando nos comportamos mal com membros da família ou usamos descuidadamente a língua, ferindo outros, nossos atos pecaminosos criam barreiras entre nós e as pessoas. 
O pecado nos separa também de Deus. Quando desobedecemos a qualquer dos mandamentos que Ele amorosamente estabeleceu para nossa proteção, levantamos um muro entre nós e Aquele que nos fez. Somos nós que construímos esse muro. No entanto, a Palavra de Deus provê uma solução para essa barreira: a confissão. 
Confissão foi definida como “concordar com Deus sobre nosso pecado”. As palavras mais comuns para pecado no Antigo Testamento são; transgressões e iniquidade. 
Quando não confessamos os pecados, acabamos por tentar esconder-nos de Deus. Como Adão e Eva no jardim, sentimos que não podemos encará-LO. O problema é que ocultar-se de Deus, é impossível. A Bíblia diz que tudo o que fizemos será exposto, até o que dissemos e pensamos em segredo. (Hebreus 4:13) 
Que amedrontador! Se cada uma de nós terá de prestar contas, quanto mais rapidamente nos acertarmos com Deus, melhor. 
O pecado sempre Taz consequências. A confissão também apresenta uma “consequência”. Um coração livre e feliz! 
Quando confessamos os pecados a Deus, somos abençoadas. Ser abençoada significa desfrutar o favor de Deus. E não há maior bênção que saber que os nossos pecados forma perdoados pelo Senhor. 
Reflita nisso! 
Deus abençoe! 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O coração alegre aformoseia o rosto!

Plano de Leitura Bíblica - Início em qualquer mês do ano

Moda Evangélica: Onde Encontrar?

Testemunhos