Humilhada na presença de Deus

Mas, na verdade, habitaria Deus na terra? Eis que os céus, e até o céu dos céus, não te poderiam conter, quanto menos esta casa que eu tenho edificado.
Volve-te, pois, para a oração de teu servo, e para a sua súplica, ó Senhor meu Deus, para ouvires o clamor e a oração que o teu servo hoje faz diante de ti. (1Reis 8:27-28)


O magnífico templo estava finalmente terminado. Tudo estava em seu devido lugar. Antes da celebração do corte da fita, a presença de Deus na forma de uma nuvem escura encheu o templo. 
Salomão ergueu os braços para o céu, silenciando a assembleia, e orou.
Logo em seguida, fez uma pergunta bem clara: “Será possível que Deus habite na terra?” Em outras palavras: Como esse templo pode conter-te? Ele sabia que apesar de Seu esplendor, o templo não poderia conter a Deus, já que nem mesmo os “mais altos céus” poderiam fazê-lo. Embora se tratasse de uma das mais esplêndidas estruturas que qualquer ser humano já criara para honrar a Deus, o verdadeiro esplendor do templo não estava na habilidade dos construtores, mas na presença divina. 
Um meio de saber se estamos está na presença de Deus e o sentimento de humildade que nos toma quando nos aproximamos Dele em oração. 
Não se pode sentir vaidade e estar cheia do Espírito ao mesmo tempo. 
Seremos sempre humilhadas ao compreender que esse Deus digno de reverência que os céus não podem conter, está disposto a viver em nosso interior por meio do Espírito Santo. Amém? 
Reflita nisso! 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O coração alegre aformoseia o rosto!

Plano de Leitura Bíblica - Início em qualquer mês do ano

Moda Evangélica: Onde Encontrar?

Testemunhos