Perdoar é uma decisão!

“Sejam bondosos e compassivos uns para com os outros, perdoando-se mutuamente, assim como Deus os perdoou em Cristo.” (Efésios 4:32)

Ser bondoso é ter prazer em ajudar, e compassivo significa se compadecer, se colocar no lugar do outro. São duas qualidades bem parecidas e muito fortes que Deus exige que tenhamos. Muitas vezes estas qualidades são vistas como fraquezas, ao invés de pontos fortes. 
Infelizmente, todas nós fomos injustiçadas alguma vez na vida, nos causando dor e sofrimento. Porém, a dor é agravada quando alguém perto de nós é o culpado, como um membro da família ou um amigo. E perdoar como Deus nos perdoou requer muita coragem e determinação.
As reações do ser humano podem ser a vingança, a raiva, a amargura, a decepção, que muitas vezes o leva a afastar-se daquele que o ofendeu e distanciar-se de Deus. 
Nós, como cristãos, precisamos rever estas atitudes e abordar aqueles que pecaram contra nós com a atitude de graça e perdão que somente o Espírito Santo pode nos dar. Nós perdoamos os outros porque nós mesmos fomos perdoados. E amar com o amor de Deus. 
No livro de Romanos 12:19 diz que: a vingança não nos compete e sim a Deus. Deus é Justo Juiz e conhece o coração de cada uma de nós. Portanto, devemos observar a nossa vida, nossa conduta diante da situação e garantir que não temos culpa da injustiça praticada contra nós. 
Precisamos decidir a perdoar e assim o Espírito Santo nos ajudará.
Há muitos tipos diferentes de ofensas que enfrentamos em nossas vidas, porém, não podemos nos aproximar de Deus quando temos negligenciado o perdão a outro. 
Deus não recebe a nossa adoração e tampouco nossas ofertas. (Mateus 5:24)
Precisamos pedir a ajuda de Deus enquanto buscamos o perdão e, em seguida, procurar fazê-lo de todo o coração. Amém?
Deus abençoe!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O coração alegre aformoseia o rosto!

Plano de Leitura Bíblica - Início em qualquer mês do ano

Os pensamentos de Deus são mais altos que os nossos!

Testemunhos